Desabilitando a serial na Raspberry Pi

- por Sergio Prado

Categorias: Raspberry Pi Tags:

Por padrão, a maioria das distribuições customizadas para a Raspberry Pi já vem com a porta serial habilitada, de forma que possamos fazer o login pela serial e acessar um terminal na placa (mais informações no artigo “Acessando a console serial na Raspberry Pi“).

raspberry-pi-serial_sm

Mas e se você quiser utilizar a porta serial para outra finalidade? Neste caso, vai precisar desabilitar na distribuição o acesso à porta serial, conforme procedimentos abaixo.

Os testes foram feitos na Raspbian Jessie (versão 2015-11-21), mas o processo deve funcionar em outras versões da Raspbian ou mesmo em outras distribuições.

O primeiro passo é desabilitar a console do kernel, de forma que as mensagens de log do kernel e do boot da distribuição não sejam enviadas à porta serial.

Para isso, acesse a partição de boot do cartão SD, abra o arquivo cmdline.txt e remova o parâmetro “console=ttyAMA0,115200“.

O próximo passo é desabilitar a execução da aplicação de login pela serial.

Primeiro verifique se existe um arquivo chamado /etc/inittab na sua distribuição. Se ele existir, o mecanismo de inicialização da sua distribuição é baseado no sysvinit.

Neste caso, abra o arquivo /etc/inittab e comente a linha que contém a chamada a aplicação getty na ttyAMA0, adicionando o caractere ‘#‘ no começo da linha, conforme exemplo abaixo:

#T0:23:respawn:/sbin/getty -L ttyAMA0 115200 vt100

Caso a sua distribuição não tenha o arquivo /etc/inittab, ela deve ser baseada no mecanismo de inicialização systemd.

Neste caso, abra um terminal na Raspberry Pi e execute os comandos abaixo:

$ sudo systemctl mask serial-getty@ttyAMA0.service
$ sudo reboot

Pronto! Agora a porta serial está livre para ser utilizada por uma aplicação.

Happy hacking!

Sergio Prado

Navegue
Creative Commons Este trabalho de Sergio Prado é licenciado pelo
Creative Commons BY-NC-SA 3.0.