Raspberry Pi – O computador de bolso

- por Sergio Prado

Categorias: Hardware, Raspberry Pi Tags: , , ,

A idéia apareceu em 2006, quando alguns amigos do Laboratório de Computação da Universidade de Cambridge se juntaram para criar um computador barato para ser usado como ferramenta de ensino. A idéia era um computador extremamente acessível e que iniciasse diretamente em um ambiente de programação. Em 2008 eles criaram a Raspberry Pi Foundation para transformar este projeto em realidade. Depois de 3 anos e alguns protótipos nasceu a Raspberry Pi.

A Raspberry Pi é um computador do tamanho de um cartão de crédito, vendida em dois modelos diferentes. O modelo B custa $35, tem duas portas USB 2.0, saídas de áudio e vídeo (Composite e HDMI) e interface Ethernet. O modelo A é mais barato, custa $25, mas comparado ao modelo B só tem uma porta USB e não tem interface Ethernet.

Os dois modelos tem 256MB de RAM, montado através da técnica PoP (Package-on-Package), uma interface de cartão SD/MMC e um barramento de 26 pinos com acesso à 8 GPIOs, UART, SPI, I2C, I2S e JTAG.

O SoC usado na placa é o BCM2835 da Broadcom. É um ARM11 que roda à 700Mhz, com suporte à ponto flutuante e uma GPU capaz de decodificar vídeos em 1080p!

Mas você pode me perguntar: justo a Broadcom, empresa famosa por fabricar chips MIPS e por dificultar bastante o trabalho da comunidade Linux com seus chips Wi-Fi sem datasheet e seus drivers proprietários? Sim, ela mesmo!

O fato de um dos criadores do projeto (Eben Upton) ser um dos arquitetos da Broadcom é mera coincidência… :)

DOCUMENTAÇÃO

Na wiki do projeto você deve encontrar toda a documentação necessária, incluindo esquemáticos, guias de usuário, projetos existentes, etc.

A Broadcom não libera o datasheet completo do BCM2835. Se você quiser este datasheet, precisa assinar um NDA com a Broadcom! Mas uma versão cobrindo pelo menos o hardware disponível na placa pode ser acessado aqui.

O esquemático completo da placa (modelo B) esta disponível aqui.

Já os arquivos do projeto da placa (BOM, gerber, PCD layout, etc) ainda não estão disponíveis. Portanto, ainda não podemos considerar a Raspberry Pi um projeto de Open Hardware igual à Beagleboard por exemplo.

O fórum do projeto também é bastante movimentado, e pode ser acessado aqui.

PRIMEIROS PASSOS

Quando você compra a placa, você só recebe… a placa! Então se você quiser testar alguma das distribuições disponíveis para a Raspberry Pi, vai precisar dos seguintes itens adicionais:

  • Um cabo micro USB para alimentar a placa.
  • Um cartão SD para gravar o sistema operacional.
  • Um monitor ou uma TV com entrada HDMI ou composite (RCA).
  • Um teclado e um mouse USB.

Já existem diversas distribuições disponíveis para a Raspberry Pi. Vamos fazer um teste com a Raspbian “wheezy”, uma versão otimizada do Debian wheezy com suporte à hard-float ABI. Isso significa que todo o sistema operacional (kernel, bibliotecas e aplicações) foi compilado para aproveitar as instruções de ponto flutuante providas pela CPU, o que deve melhorar a performance de algumas aplicações.

Para instalar no cartão SD, basta baixar a imagem, descompactar e fazer um dd para o cartão:

wget http://files.velocix.com/c1410/images/raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian.zip
unzip 2012-08-16-wheezy-raspbian.zip.1
sudo dd if=2012-08-16-wheezy-raspbian.img of=/dev/sdX

Substitua /dev/sdX no comando acima pelo nome do arquivo de dispositivo do seu cartão SD.

CUIDADO: o uso do arquivo de dispositivo errado pode apagar o seu HD!

O primeiro boot pode ser um pouco mais demorado, mas os próximos boots com interface gráfica levam menos de 1 minuto! Esta distribuição usa o LXDE como gerenciador de janelas, e vem com aplicações educativas como o Scratch e o Squeak.

MEDIA CENTER DE BOLSO

Outra distribuição interessante é a Raspbmc, que é baseada no Debian e usa o XBMC para transformar a Raspberry Pi em um media center.

Para instalar no cartão SD, é só baixar e executar um script de instalação provido pelo projeto. Obs: você precisa ter o python instalado na sua máquina.

wget http://svn.stmlabs.com/svn/raspbmc/testing/installers/python/install.py
chmod +x install.py
sudo python install.py

A imagem gravada no cartão é um instalador do Raspbmc. Coloque na Raspberry Pi, conecte-a à Internet e espere a instalação, que pode levar até 30 minutos.

Depois é só colocar seu filme ou série favorita e curtir seu media center de bolso.

OUTRAS DISTRIBUIÇÕES

Existem outras distribuições interessantes para a Raspberry Pi, dentre elas:

  • Debian “wheezy”: é uma imagem idêntica à Raspbian “wheezy”, mas apenas com suporte à soft-float ABI. Isso significa que as operações de ponto flutuante são emuladas por software. Esta distro deve ser usada quando você deseja usar alguma biblioteca que não suporta hard-float ABI como a JVM da Oracle.
  • Arch Linux ARM: baseada na distribuição Arch Linux, voltada à usuários mais avançados.
  • QtonPi: distribuição customizada para trabalhar com o Qt.
  • OpenELEC: outra distribuição para media centers baseada no XBMC.

Uma lista mais completa das distribuições disponíveis para a Raspberry Pi pode ser acessada aqui.

COMPRANDO

Você pode comprar a Raspberry Pi na Farnell/Element 14 ou na RS Components.

A Farnell Brasil esta mantendo um estoque local de peças. Se você tiver sorte de encontrar disponibilidade em estoque, deve pagar em torno de R$180,00 e receber a placa em 3 dias.

Caso contrário, você pode importar, mas deverá esperar algumas semanas para receber.

Não se esqueça de que só vem a placa! Se precisar, compre também um cabo micro USB e um cartão SD de pelo menos 4G.

Atualização: Recebi um contato da Farnell Brasil me dizendo que eles acabaram de receber 1000 placas (no dia em que escrevo este artigo), e que estas placas estarão disponíveis para venda a partir de 11/09/2012. Para efetuar a compra, é só ligar para o Contact Center da Farnell (11 40669400 – opção 1) e informar o código interno da Raspberry Pi: 83T1943.

Happy Hacking!

Sergio Prado

Navegue
Creative Commons Este trabalho de Sergio Prado é licenciado pelo
Creative Commons BY-NC-SA 3.0.