ESC Silicon Valley 2012 — Dia 2

- por Sergio Prado

Categorias: Eventos Tags: ,

Como diria um recente amigo meu de Santa Rita, hoje o dia ficou entre fantástico e excepcional! Fiz ótimos contatos, e também contei um pouco com a sorte. Mas vamos “começar pelo começo”!

OLHA O JACK AÍ!

Pois é, Jack Ganssle é sinônimo de ESC e vice-versa. E lá estava ele mais uma vez com suas palestras sobre boas práticas de desenvolvimento de software embarcado. Esta manhã, ele apresentou o tema “Mars ate my spacecraft“, um tema já batido, mas que eu ainda não havia assistido. Então fui lá.

Como sempre, as palestras do Jack são sempre informativas e engraçadas. O tema principal era sobre as falhas em projetos da Nasa. E como eles (não) aprenderam com os erros. Jack falou basicamente sobre a importância de inspeção de código, qualidade dos testes, tratamento de exceções e uso de watchdogs, uso de ferramentas de controle de versão, etc. A mensagem final era a seguinte: “Focar em corrigir bugs não é o melhor caminho para desenvolver um software de qualidade”.

No fim, fui dar um olá para o Jack, que me disse não ir ao ESC Brasil este ano, já que junho é o mês que ele costuma velejar com a família. Boa viagem Jack!

KEYNOTE

Gostaria de pular esta parte, se vocês me permitirem, porque o primeiro keynote do evento foi … Bem, na verdade não foi. Um músico sem muito carisma falando (e cantando) em uma conferência de sistemas embarcados… Deixa pra lá.

Cinco minutos após o início do keynote tirei a foto abaixo e voltei para o universo dos geeks!

JASON KRIDNER

Foi quando liguei para o Jason Kridner para ver se ele estava disponível para um bate-papo. Para quem não sabe, Jason trabalha na Texas e é o cara responsável pelo projeto e pela comunidade da Beagleboard e da Beaglebone.

A conversa foi fantástica, e vocês podem aguardar que em breve terei algumas novidades sobre o meu treinamento de Linux embarcado com os “cachorrinhos” da Texas… :)

MUITO BATE-PAPO

O centro de exposições abriu às 11:30, e não saí mais de lá. Esqueci que estava rolando uma conferência com mais de 50 palestras lá fora. Todas as principais empresas da área de embarcado estavam lá. Tentei bater um papo com cada uma delas, incluindo NXP, TI, Freescale, Renesas, Atmel, Microchip, NI, Micrium, Mentor Graphics, Wind River, Intel, AMD, IAR e ARM.

Em cada uma das conversas, enfatizei bastante o tamanho do mercado de embarcados no Brasil. Em algumas delas, acredito que tenha “plantando uma sementinha”. Quem sabe não colhemos algo num futuro próximo? :)

PURA SORTE

Tenho certeza que tem gente que só vai no ESC para ganhar os brindes, que eles chamam de “giveaways”. Ou vocês acham que a senhora de vestido azul escondida na imagem abaixo estava interessada na arquitetura ARM?

Na verdade ela estava esperando (assim como eu) os intermináveis 15 minutos da palestra para o sorteio de um Kindle Touch. Não foi desta vez.

Mas para mim foi em outras 3!

Ontem ganhei no hands-on do Matt Gordon o livro do uC/OS-III baseado na plataforma da Renesas. Hoje fui sorteado em uma mini-palestra da ExpressLogic e ganhei uma lupa!

Mas olhem só, durante o dia participei de um mini-curso sobre a IDE de desenvolvimento para Linux embarcado da Mentor Graphics, onde todos os participantes estavam concorrendo à uma Pandaboard. No fim do dia recebi uma ligação do pessoal da Mentor dizendo que fui sorteado! Era a que faltava na minha coleção! :) Portanto, aguardem que em breve escreverei um artigo sobre ela…

Lá mesmo no estande de Mentor tive o prazer de conhecer pessoalmente Colin Walls, que entrevistei um tempo atrás. Ele cumpriu uma promessa que fez a mim por e-mail, e me deu o nova edição de seu livro “Embedded Software – The Works“. Obrigado Collin!

Amanhã tem mais!

Um abraço,

Sergio Prado

  • Felipe Tonello

    parabéns pelos artigos Sérgio.

    Gosto muito do seu blog.

    Abraços

  • Marcelo Barros

    Estou curioso pra saber o conteúdo desta conversa com a turma do beagle*  :)

  • Leonardo

    Cara Fantatico, temos que fomentar esse tipo de evento no Brasil… Parece que estamos orfãos aqui nessa terra tupiniquim…. 

    • É verdade Leonardo!

      Este ano teremos o ESC Brasil em junho. Só depende de nós para que o evento chegue perto da dimensão que é a conferência por aqui.

      Um abraço.

Navegue
Creative Commons Este trabalho de Sergio Prado é licenciado pelo
Creative Commons BY-NC-SA 3.0.